Loja Virtual Importação Simplificada [Deixe seu estoque em Miami] Cross-border E-commerce.

Loja Virtual Importação Simplificada [Deixe seu estoque em Miami] Cross-border E-commerce.

Você tem ou quer ter uma loja virtual (e-commerce) mas pretende trabalhar com produtos importados com estoque em Miami onde seus clientes possam comprar na sua loja e o produto chega direto para seu eles?
🔴 Subscreva-se em nosso canal YouTube: DoubleTrading

Cross-Border e-Comemerce é viavel combinado com DropShipping?

Vejo 3 cenários diferentes de empresas que podem se beneficiar da importação simplificada que nestes casos posso chamar de cross-border e-commerce.

 

1-    Possui operação e-commerce com estoque no Brasil

2-    Novo no e-commerce, iniciou a pouco tempo

3-    Representante ou distribuidor de fabricantes do exterior

 

·      Possui operação e-commerce com estoque no Brasil


Uma empresa que tem estoque de produtos importados no Brasil, que já é um importador, tem loja virtual e paga valores expressivos em armazenagem, custo operacional alto, bitributação, preocupação com segurança entre outros, o cross-border e-commerce é uma opção muito boa, onde você poderá deixar seu estoque em Miami com opção de zona livre de comercio, mesmo de produtos com origem de outros países como China, Europa, bem como outras localidades nos EUA.

 

Para este tipo de operação, existem duas opções que poderão ser utilizadas na modalidade importação simplificada. Na primeira, os produtos poderão se entregues no destino final (seu cliente). A segunda é quando as suas vendas são consolidadas no período do fechamento do embarque, sendo que neste caso, você tem a opção de retirar o embarque em GRU que terá consolidado diversos clientes para que você e possa cuidar da entrega de última milha “Last Mile Delivery”.

  

·      Novo no e-commerce, iniciou a pouco tempo

 

Tipo a empresa que iniciou uma loja virtual há pouco tempo no Brasil, considerada de pequeno porte, pretende importar produtos diferenciados para ter em estoque e revende-los localmente, ou queira também implementar um modelo de negócio chamado drop shipment. Drop Shipment é quando a mercadoria é entregue do fornecedor ou de um estoque externo da sua empresa direto para o cliente, como uma triangulação.

 

·      Representante ou distribuidor de fabricantes do exterior

 

O fabricante ou distribuidor no exterior que pretende iniciar as vendas no Brasil e precisa testar o mercado, sendo que neste caso, ele utiliza o estoque existente em sua base no exterior e implementa uma loja virtual no Brasil. Existem varias empresas no Brasil que oferecem infraestrutura de e-commerce, porém recomendo a Vtex empresa de meu conhecimento, pois eles podem cuidar de toda a gestão desde o desenvolvimento da loja virtual, orientação sobre o mercado, até as estratégias de marketing digital. Após essa fase, é onde a gestão logística de supply chain entra em cena e é um fator de extrema importância, para primeiro lhe garantir e viabilizar o custo operacional, e depois para ter certeza que os produtos vendidos serão entregues em seus respectivos destinos predefinidos, e de forma eficiente.

 

Lembrando que quando se faz um planejamento adequado, cujo essa é a especialidade do Sergio Brandão Filho, você antecipa o prazo de implementação com investimento mínimo, já que não terá que investir em estoque no Brasil, nem com antecipação de impostos e os custos operacionais mencionados no inicio deste vídeo. Poderemos lhe ajudar se você escrever suas duvidas para o email sergio@doubletrading.com.

 

Importante saber que apesar da maioria das empresas de transporte que faz importação simplificada não permitir você importar produtos sem limite de tamanho e peso das caixas das caixas, garantimos que é possível. Em parceria com a PHX no Brasil que possui estrutura dentro do armazém de courier no aeroporto internacional de Guarulhos (GRU), em conjunto com a WTDC em Miami, você poderá embarcar seus produtos sem limite de tamanho e peso, desde que se enquadrem nos parâmetros de valores sendo até U$ 3K por embarque, com limite anual de U$ 100K, e que os custos de frete seja viáveis em relação custo beneficio. Um Exemplo, é capô de carro importado!

 

Seja produtos dos EUA, China ou Europa, os mesmos poderão ser estocados em Miami USA em uma área de zona livre de comercio (WTDC), onde não paga nenhum imposto no território americano.  Ouviu falar que o Presidente Donnald Trump está taxando os produtos chineses quando importados nos EUA, correto? Este tipo de armazém é uma área alfandegaria Foreign Trade Zone que permite estocar produtos de outros países sem pagar nenhum imposto.

 

A vantagem de Miami é que você poderá manter seu estoque próximo do Brasil, com diversos voos diários para GRU o que possibilita você manter um prazo de entrega bem razoável ao seu cliente.

 

O tempo de desembaraço das mercadorias normalmente é de 24 horas após o embarque, e depois terá mais o prazo de entrega local no Brasil que irá variar de acordo com o destino final entre 2 a 7 dias em média.

 

A desvantagem em manter o estoque no Brasil de produtos importados é que quando se faz a importação dos produtos para estoque, é necessário antecipar todos os impostos de importação na chegada do embarque, que na modalidade simplificada é de 60% II mais 18% de ICMS, mais os gastos de frete. Depois, você ainda tem que pagar a bitributação na hora da venda. Se quiser entender melhor sobre os custos na importação, clique aqui no post sobre este tema.

 

O restante dos custos é semelhante aos que irão ter em Miami, que são eles a armazenagem, seu custo operacional de preparação dos pedidos, controle de estoque, e seguro.

 

Por outro lado, a vantagem é que você tem a possibilidade de entregar produtos mais rápidos, porem não tão mais rápido, mesmo porque no Brasil, você tem o tempo para preparação dos pedidos, processo interno de documental, emissão de NF, e a coleta para entrega em seu destino final.

 

No final do dia, em uma operação bem estruturada, a diferença básica de entrega entre estoque Miami e estoque Brasil é de aproximadamente 48 horas no resultado final.

Lembrando que para chegar nesse ponto, é necessária uma consultoria para validação e simulação dos produtos a serem importados, implementação de rotinas, bem como determinação dos documentos de declaração junto a aduana brasileira. Consultoria essa que é parte do nosso trabalho.

 

É importante ressaltar que os resultados são diferentes quando o modelo de negócio são com produtos aleatórios, tipo, cada hora compra um produto diferente sem validação previa, que é o caso de quando o consumidor compra diretamente em diversas lojas online fora do país para entrega no Brasil. As lojas do exterior não estão preparadas para vender para o Brasil diante da complexidade de nossa aduana.

 

Vejo como grande oportunidade de você obter uma loja online no Brasil com os produtos estocados em Miami para envio direto para seus clientes no território nacional. Chamamos isso de “Cros-border E-comemrce” com drop shipment.

 

Quanto a bitributação, mesmo não sendo tributarista, entendo que ela deixa de existir quando a função da sua empresa no Brasil passa a ser a de promover a venda da sua loja virtual, e o seu cliente é quem passa figurar como o importador, assim os impostos de importação e ICMS são recolhidos em nome do cliente, e o imposto que você deverá recolher sobre a sua empresa basicamente é sobre serviços prestados incluindo sua margem. Eu recomento que você consulte sua assessoria jurídica tributária para maiores detalhes sobre o seu caso.


Seus Links Abaixo 
➔ Vtex Plataforma de e-Comemrce: http://bit.ly/vtexCrossBoder
➔ WTDC Zona Livre de Comércio em Miami: http://bit.ly/wtdcForeignTradeZone 
➔ PHX: http://bit.ly/PHXServices

Outros Links 
➔ Para Consultoria, Registre-se no link: http://bit.ly/ConsultoriaDT 
➔ Playlist de importação deste canal: http://bit.ly/ImportacoesBrasil 
➔ Exemplo de Cross-Border E-commerce com loja de personalização nos EUA.: http://bit.ly/AquiViShop

Pesquisas Selecionadas:

-Loja online
-Loja virtual
-Ecommerce
-e-commerce
-cross-border
-vendas online
-como importar
-minhas importações
-importação
-vtex
-varejo
-Comercio Exterior
-encomenda alfandega
-encomenda na alfandega
-pacote retido na alfandega
-pacote retido pela alfândega
-encomenda retida alfandega
-encomenda parada alfandega
-alfandega taxando tudo
-fiscalização aduaneira

Siga nos: 

Facebook: https://www.facebook.com/doubletrading/
Instagram: https://www.instagram.com/doubletrading/
Twitter: https://twitter.com/doubletrading
Youtube: https://www.youtube.com/user/doubletradin

Deixe uma resposta